Faça seu login

Pessoas com deficiência serão atendidas na Piscina Olímpica da Bahia

Postado em 9 de fevereiro de 2017 | 0 comentários

O Projeto Natação em Rede é uma iniciativa da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), que visa o acesso de diferentes públicos à Nova Piscina Olímpica da Bahia. Álvaro Gomes, secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), discutiu ainda com a equipe técnica sobre a possibilidade de incluir pessoas com deficiência entre os públicos beneficiados.

O equipamento construído pelo Governo do Estado receberá turmas específicas de pessoas com deficiência, e as aulas serão comandadas por profissionais capacitados para garantir um atendimento de qualidade a toda a população. “Com essa ação inovadora, o espaço reafirma sua importância no dia a dia da comunidade, beneficiando efetivamente as pessoas que mais precisam do suporte do governo”, afirma o secretário.

Localizado na Av. Bonocô, o complexo aquático recebe atletas de alto rendimento que treinam frequentemente para melhorar seus resultados e participar de grandes competições, além de crianças, jovens e idosos. Separados por diferentes raias, essas pessoas recebem aulas de natação e hidroginástica.

A quantidade de vagas e período de inscrições para as turmas especiais ainda não foi definido, mas sabe-se que já chega a 500 o número de pessoas que frequentam o local. Ao todo são 24 turmas já formadas que participam de aulas com duração de 50 minutos de segunda a quinta-feira das 6h às 19h. E 80 novas vagas serão abertas para crianças e jovens do Programa Pacto pela Vida, por meio de Bases Comunitárias de Segurança.

Fontes: A Tribuna

Author: admin

Compartilhar

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *