Faça seu login

Luz, conforto… satisfação!

Postado em 23 de maio de 2017 | 0 comentários

Conceito de decoração hygge, originário da Dinamarca, promete dar vida nova à casa, valorizando a luz e o aconchego

 

Olho: A decoração hygge valoriza tons claros, como o branco, bege, palha e os amadeirados. Os queridinhos entre os materiais são os naturais, como madeira, algodão, linho e pele”

“Considero tudo o que traz bem-estar e conforto como atual, afinal, hoje em dia valoriza-se muito mais o tempo em casa com a família ou amigos”

Ludmila Wilson, decoradora e especialista em decoração de ambientes

Por Tatiana Vieira

 

 

 

Decoração

Imagine o país eleito pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o “mais feliz do mundo”… O que será que pode estar por trás da sensação de bem-estar de seus cidadãos? Certamente, você dirá que o lugar onde vivem tem um peso importante nessa equação da vida em que a satisfação prevalece. Pois bem. Foi na Dinamarca, nação que ganhou o título de campeã mundial em felicidade em 2013 e 2016, que surgiu um conceito de decoração de casas que se tornou tendência no Brasil nos últimos anos: o estilo hygge.

 

A palavra dinamarquesa ‘hygge’ não tem uma tradução literal, mas traz consigo as ideias de apreciar a vida e seus prazeres mais simples. E são esses os valores a que os dinamarqueses dão atenção – talvez esteja aí seu segredo da felicidade.

 

Transportando-o para o lar, o conceito hygge se refere aos sentimentos de paz, tranquilidade e bem-estar. Um ambiente nesse estilo de decoração estima tudo o que pode oferecer de conforto e aconchego, ao mesmo tempo que preconiza a claridade e o calor, valores que são herança dinamarquesa. Ao longo do ano, o país tem poucas horas de luz solar, assim como enfrenta longos e rigorosos invernos.

 

Segundo a decoradora Ludmila Wilson, formada pela Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) e especialista em decoração de ambientes, o hygge é um conceito em voga e que, cada vez mais, ganha novos adeptos. “Considero tudo o que traz bem-estar e conforto como atual, afinal, hoje em dia valoriza-se muito mais o tempo em casa com a família ou amigos”, defende. Ainda de acordo com a decoradora, o hygge é antigo na Dinamarca, mas ganhou o mundo recentemente.

 

O prazer de estar em casa

 

Na decoração hygge, o conforto é o mais importante, pois traz a sensação de acolhimento. Isso só é possível graças à utilização de materiais naturais, como o uso do linho e do algodão em almofadas, tapetes e sofás. Outra dica é apostar na madeira, que também remete ao aconchego. “Tudo isso em cores claras, que ajudam a iluminar e proporcionar uma sensação de amplitude ao ambiente. Iluminação aconchegante e flores naturais dão o toque final.”

 

Entre os tons mais utilizados no estilo hygge, estão o branco, o bege, o palha e os amadeirados. Para dar um clima ainda mais intimista e acolhedor, as velas podem ser usadas e espalhadas em vários pontos do ambiente. Objetos como mantas, almofadas e tapetes também são bem-vindos. Ludmila recomenda ainda o uso de móveis rústicos e peças de artesanato. “A única ressalva em relação aos móveis é que não sejam muito pesados visualmente ou escuros”, explica.

 

Outra sugestão é aproveitar bastante a luz natural, prestando-se muita atenção nas janelas. O uso de cortinas não é proibido, mas deve-se priorizar texturas macias e suaves e tons mais claros. Nas paredes, as cores mais brandas são as indicadas, dando assim a ideia de um espaço amplo e confortável.

 

Hygge ao ar livre

 

O conceito hygge também pode ser aplicado em lugares externos da casa, incluindo áreas com piscinas. A dica é explorar elementos como almofadas, pufes e também as plantas, que conferem um ar de naturalidade ao ambiente. Vasos de flores sobre as mesas podem dar um charme a mais.

 

Por fim, fica a recomendação de prestar atenção aos detalhes, escolhendo peças decorativas que possam trazer um clima mais intimista ao ambiente. No estilo hygge, o que manda é o prazer de estar em casa, curtindo cada cantinho e esquecendo as preocupações da vida lá fora!

 

decoração2

Como dar um toque hygge à sua casa:

 

Regra principal
Abuse de tons claros e amadeirados. Use materiais naturais (madeira, algodão, linho, peles) e invista em pontos de luz, sempre se lembrando do equilíbrio e do conforto.

 

Valorize objetos que dão a sensação de bem-estar e aconchego:

  • Opte por tapetes, mantas sobre os sofás e muitas almofadas. Utilize velas e castiçais, bem como peças de artesanatos. Flores também são uma ótima pedida! Outra dica é investir em lareiras;
  • Utilize móveis rústicos, porém em tons mais brandos;
  • Valorize as janelas, pois são os principais pontos de entrada de luz natural. Se utilizar cortinas, prefira tons claros e tecidos naturais;
  • As paredes devem receber cores claras e, caso queira dar uma sensação de amplitude ainda maior, opte por pisos de tons claros também.

 

Em áreas com piscinas
Utilize almofadas e pufes. Plantas podem ser espalhadas pelo ambiente para dar um tom mais naturalista.

 

Fonte: Revista ANAPP

Anuncie aqui revista 02

anapp_132_capa

 

Author: admin

Compartilhar

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *