Faça seu login

Maxtemp: da importação para a produção própria

Postado em 13 de março de 2016 | 0 comentários

Fabricante de aquecedores está no mercado desde 1996

Fundada por Cristian e Cristiano Maldonado, a Maxtemp está presente no mercado de aquecedores de piscinas desde 1996, quando começou a operar como importadora. A partir de 2004, passou a fabricar os aquecedores Maxtemp, conhecidos pela robustez e alta qualidade e desenvolvidos para facilitar o uso e a manutenção.

A história dos irmãos Maldonado começa com o trabalho em uma empresa do ramo de piscina, passando pela formação na faculdade, até chegar a 1996 quando realizaram o sonho de abrir sua própria empresa.

“O principal motivador de trabalhar com aquecedor de piscina foi colocar uma marca nova no mercado”, conta Cristian. Na época, existiam apenas três marcas de aquecedores de piscinas, daí a vontade de inovar e evoluir. A decisão de fabricar seus próprios produtos foi o grande divisor de águas da história da Maxtemp. Os anos que passaram importando aquecedores do Canadá para o Brasil deram aos irmãos Maldonado o ‘know-how’ necessário. Com a alta dos custos externos, foi um processo natural dar início à produção da Maxtemp no Brasil. Na fábrica em Guarulhos (SP), os irmãos Maldonado e os colaboradores da Maxtemp projetam, instalam e prestam assistência técnica de seus aquecedores.

Para os dois empresários, a satisfação do cliente vem em primeiro lugar. “Trabalhamos para agregar valor para os revendedores. Conduta honesta e ética nos negócios, valorização humana, segurança dos nossos produtos e sustentabilidade econômica e ambiental são nossos valores”, ressalta Cristian.

A Maxtemp conta com rede de lojistas parceiros, representantes e assistências técnicas em todo o país. Cristian diz que o segredo da empresa para expandir seus negócios é simples: fabricar produtos de qualidade para aquecimento, lazer e serviços que tragam conforto para as pessoas e ser reconhecida pela eficiência dos seus aquecedores de piscina.

 

Author: admin

Compartilhar

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *