Faça seu login

A fase quente da Aquahome

Postado em 7 de agosto de 2014 | 0 comentários

Nesta edição, a revista ANAPP traz a história de uma das lojas mais notáveis do Recife, em Pernambuco. A sócia e gerente financeira, Maria Melo, conta sobre os investimentos, retornos,  público, estrutura e outras curiosidades da Aquahome. Confira esta matéria,  conheça a estrutura e entenda como a empresa mergulhou no sucesso.

A Aquahome foi inaugurada no ano de 1981. O endereço antigo, próximo à praia de Boa Viagem, dava espaço para uma loja pequena, semelhante a um quiosque.  Então, em 1993, com o novo endereço no bairro Casa Forte, o casal Paulo Costa e Maria Melo se dedicou e melhorou o empreendimento. Deu certo. O cliente é recebido num ambiente de  12×15 M² e pode estacionar o carro em uma das 08 vagas do estacionamento próprio.

Apesar de a empresa estar localizada no nordeste, região de forte calor, uma coisa é curiosa: sistemas para aquecer piscinas são os produtos mais importantes de lá.  “É uma charada para nós”, questiona Maria. Ela diz que segundo os fornecedores, a loja está entre as que mais vendem sistemas de aquecimento na zona nordestina.

A equipe é formada por 16 pessoas. Dez delas, na área de serviços técnicos. Os treinamentos são dados por fabricantes que se dirigem à empresa – além de outras instruções, obtidas de  fabricantes, em São Paulo. “Setenta por cento do conhecimento é do Próprio Paulo, diretor comercial técnico. Ele é quem ensina muito do conteúdo aos funcionários” conta.

E a empresa não trabalha só no Recife. Funcionários fazem giro por quase todo o estado de Pernambuco. “Instalam sistema de aquecimento até em casas de praia. Há demanda para Porto de Galinhas e Gravataí – onde a temperatura chega a 16º no inverno”, sinaliza.
Por que aquecimento?

“Na época em que trabalhávamos no quiosque, a loja mal faturava entre os meses de maio e agosto – por serem meses mais frios. Depois que Paulo visitou a uma feira, trouxe a ideia que logo foi adotada”, recorda. Ela garante que, desde então, a agenda fica cheia durante o ano todo.  Entre as opções de aquecimento, está o aquecimento residencial, a gás e solar. “Também trabalhamos com produtos químicos, de iluminação, fibra ótica, led e instalação de piscinas. Mas o nosso foco principal é trabalhar com sistemas de aquecimento”, destaca. As procuras pelos serviços chegam  via  telefone ou e-mail –  sem mídia de divulgação. “O boca a boca tem dado certo”, confia. “Só nos últimos 10 anos, foram vendidas 280 máquina” revela. O publico que mais procura a Aquahome são empresários e classe média.

Além de se inteirar com arquitetos renomados, a Aquahome fica atenta às tendências do mercado e visita feiras de piscina.

 

E daqui para frente?

Para não se perder do sucesso, o casal teve o  convite do SEBRAE  para participar do curso com outros 15 empreendimentos: o de sistema de gerenciamento à empresa.   O processo durou um ano e o treinamento foi dado em todos os setores da empresa: estratégico, consultoria financeira, consultoria de RH, consultoria de marketing e um consultoria de processos – útil para mostrar como definir missão, visão e efeito. Maria afirma que o custo benefício foi válido. “Aprendi a  melhorar a marca, repaginação da home page, folder institucional, etc”, revela. “Reconheço que novos produtos virão, mas já reconheço a loja como uma filha que a enche de orgulho”, garante.

Author: admin

Compartilhar

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *