Faça seu login

Watsu, massagem na piscina

Postado em 13 de junho de 2017 | 0 comentários

O Watsu, junção das palavras water (água, em inglês) e shiatsu (pressão dos dedos, em japonês), é uma modalidade terapêutica criada em 1980, na Califórnia.

A intensão era unir a prática da massagem oriental que utiliza toques em determinados pontos do corpo e alongamentos para equilibrar o fluxo de energia corporal (shiatsu), à capacidade terapêutica e curativa das águas termais.

De acordo com reportagem do Jornal NH, a atividade abrange as partes física, psíquica, social e emocional, além de poder ser inclusa no tratamento de dores crônicas, agudas, depressão, estresse, tensão muscular, enxaqueca, entre outras que causam dor, desconforto e tensão. Pode auxiliar, portanto, em tratamentos de fisioterapia e psicoterapia.

De acordo com a fisioterapeuta Patrícia Martins, através de toques e movimentos específicos de flutuação, é possível desbloquear pontos de tensões físicas e mentais, levando os músculos a um relaxamento profundo e possibilitando a vivência de um estado de integração física, mental, emocional e energética.

As sessões de Watsu são realizadas em piscinas com temperatura entre 32 e 35 graus e duram aproximadamente 1 hora. O profissional de fisioterapia percorre a piscina fazendo massagem no aluno ao som de músicas relaxantes e tranquilas. Quem recebe a técnica só precisa se preocupar em fechar os olhos e relaxar.

Confira os benefícios do Watsu

– Relaxamento muscular

– Alívio de dores

– Melhora da amplitude dos movimentos

– Melhora da circulação sanguínea

– Melhora da respiração

– Melhora da postura

– Melhora da consciência corporal

– Melhora a qualidade do sono

– Melhora da disposição

– Redução do estresse e da ansiedade

Fonte: Piscina limpa

Author: admin

Compartilhar

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *