Faça seu login

Saiba como proteger sua piscina dos mosquitos transmissores

Postado em 14 de fevereiro de 2017 | 0 comentários

As piscinas são potenciais criadouros de mosquitos transmissores de doenças como dengue, zika vírus e chikungunya. E é importante que sejam aplicadas as devidas medidas para manter sua casa e piscina seguras, garantindo melhor lazer e bem-estar, principalmente no período de altas temperaturas.

Segundo Nélio Morais, assessor técnico da Célula de Vigilância Ambiental, é imprescindível que a piscina seja clorada sistematicamente. O cloro em pó, tradicionalmente utilizado para a higienização da piscina, tem duração entre 3 e 4 dias, a degradação do produto acontece no quarto dia devido à incidência solar.

O cloro em pastilha, também disponível no mercado, é uma segunda opção com tempo de duração um pouco maior. Segundo Morais, as pastilhas duram entre 6 e 8 dias e o cloro vai sendo liberado gradativamente. Consulte a embalagem do produto se tiver dúvidas sobre a quantidade de pastilhas, pois o rótulo deve indicar o número necessário por litro d’agua.

Caso não seja possível utilizar o cloro, a água sanitária também ajuda, mas com tempo de efeito bem menor. Morais indica outras duas formas de proteção, a primeira delas é a projeção da cerca de segurança, que impede a penetração do mosquito ou, em caso de piscina não utilizada ou em espaço não habitado, é indicado esvaziá-la e cobri-la com areia, assim como nos pneus não utilizados.

Fontes: Portal de Notícias G1

Author: admin

Compartilhar

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *