13/12/2018

Hidroterapia para cães


Compartilhe:

Tratamento é indicado para pets obesos, no pós-operatório de problemas ortopédicos e para outros males que atingem principalmente os animais adultos e idosos

Por Rúbia Evangelinellis

Foi-se o tempo em que os pets eram criados soltos, sem cuidados na alimentação e com a saúde. Hoje contam com cuidados especiais dos donos, passam mais frequentemente por consultas com veterinários e são submetidos a avaliações preventivas e tratamentos fisioterápicos que proporcionam bem-estar. Neste leque, encontra-se a hidroterapia, técnica de exercícios aplicada dentro d’água aquecida (com temperatura entre 26º e 30o) que auxiliam na recuperação de cães, de diferentes idades.

Existem três modalidades que compõe a hidroterapia: natação, hidroesteira (com esteiras submersas) e a cinesioterapia (exercícios aplicados na água). Embora possa ser aplicada para cães de todas as idades, a veterinária Cinthya Ugliara, da rede Petland, recomenda atenção especial no deslocamento de filhotes, de até quatro meses, que ainda não tomaram todas as vacinas, para centros de reabilitação animal, ficando expostos a contágios. “Neste caso, o ideal, quando possível, é o tratamento em casa com acompanhamento de especialista”, acrescenta.