Faça seu login

Como montar uma piscina

Postado em 28 de agosto de 2013 | 0 comentários

Se você é daqueles que acham que ter uma piscina em casa é complicado e caro, está muito enganado. Ter uma piscina em casa pode ser mais fácil e mais barato do que você imagina.
O verão no Brasil é cada vez mais agressivo, e as outras estações do ano também são muitas vezes quentes. Então nada melhor do que ter uma piscina em casa para se refrescar, reunir a família e também receber os amigos. É diversão garantida!
Vamos ajudar você a verificar pontos importantes para chacar se sua casa esta apta a receber uma piscina.
A verificação do solo, o tamanho do terreno e a posição do sol, são pontos que interferem na escolha da sua piscina.
Contrate um arquiteto para elaborar o projeto da piscina mais adequada para sua casa; ele vai definir as instalações elétricas, hidráulicas e a iluminação.
O próximo passo é escolher a empresa para executar a obra. Para ajudar nesta parte, consulte a lista de nossos associados: http://anapp.org.br/associados.html.
Sempre é recomendado que você acompanhe todo o processo da construção ou instalação da piscina, para se certificar de que tudo esta sendo feito corretamente de acordo com o contratado.
O tamanho da piscina deve se adequar ao espaço físico da residência. Existem tamanhos padronizados, mas hoje o mercado também oferece tamanhos personalizados. Geralmente, a largura da piscina é sempre metade do comprimento, modifica de acordo com o modelo, desenho e a profundidade. Importante: fique atento ao tamanho da piscina, pois deve levar em conta a área de lazer ao redor dela.

 

Um truque simples que pode te ajudar a saber qual o tamanho ideal, é multiplicar a área da piscina por dois. Assim, uma piscina de 4m x 8m, ou 32 metros quadrados, vai precisar de um terreno com, no mínimo, 64 metros quadrados. A profundidade recomendada para a parte rasa é de 1,30 metros e na parte mais funda 1,40 metros, pois permite a prática da natação.

 

Caso seu objetivo seja entreter os pequenos, existem modelos bem mais rasos que podem ser instalados em um quintal pequeno com um custo mais baixo.

 

Os tipos de piscina variam de concreto, vinil ou fibra de vidro. As piscinas de concreto podem chegar a custar até três vezes mais, e também levam mais tempo para serem construídas. Mas a piscina de concreto tem uma grande vantagem, que é a durabilidade por tempo indeterminado.

 

Os modelos em vinil tem uma base de alvenaria, revestida por um filme de PVC com espessura que varia de 0,6mm a 0,8mm. Se a manutenção e cuidados forem feitos corretamente, ela dura até 10 anos.

 

Já as piscinas de fibra de vidro são as mais baratas e de instalação rápida. Também contam com tamanhos pré-definidos pelo fabricante.
Agora pegue um papel, caneta e mãos a obra para ter diversão e lazer garantida em sua casa.

Até a próxima!

Author: admin

Compartilhar

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *