Faça seu login

Bar na Piscina

Postado em 18 de julho de 2018 | 0 comentários

Quando visito clientes para ajudá-los na elaboração de um projeto, muitos me perguntam o que acho da instalação de um bar na piscina. Normalmente, respondo com outra pergunta: “Vocês têm vocação para garçom ou garçonete?”

Via de regra, a resposta nunca é imediata e é antecedida por um longo silêncio. Mas a pergunta tem mesmo o objetivo de fazê-los se perguntar: “Por que quero ter um bar na minha piscina?”

Diferentemente de um hotel, clube ou pousada, entre outros estabelecimentos em que o bar, além da comodidade, é uma das fontes de receita, nas piscinas residenciais os objetivos são outros. Alguns aspectos devem ser levados em consideração na elaboração do projeto.

O objetivo para construir o bar na piscina deve ser claro. Caso contrário, será uma instalação com pouco ou nenhum uso, um local para acumular coisas e mais um lugar para limpar.

Deve-se levar em consideração a que distância a piscina ficará das áreas de apoio da casa. Se a piscina ficar muito próxima à área gourmet que já conta, por exemplo, com uma churrasqueira, pia, geladeira e freezer, o projeto do bar poderá ser mais simples. O bar poderá ter apenas um pequeno balcão e uma cobertura com ombrelone (ou outra cobertura leve) e os bancos poderão ser instalados na parte interna da piscina sem a necessidade de fazer um bar escavado, conforme o exemplo a seguir.

No caso de piscinas que ficam um pouco mais distantes das áreas de apoio, o ideal é fazer um bar maior com capacidade para ter uma pia e um pequeno freezer, um local para armazenar talheres, copos e outros utensílios, e um lugar para alimentos (petiscos), como nos exemplo a seguir.127_3

Outro aspecto muito importante na elaboração do projeto, mas que nem sempre é levado em conta, é a saída de esgoto da pia e da drenagem da água do piso do bar.

A maioria dos projetos não considera o nível do fundo do bar, que normalmente tem um metro de profundidade e muitas vezes sem altura suficiente para que o esgoto seja levado até a rua ou até um ponto de esgoto da casa.

Outra questão são os projetos executados no litoral. Muitos não levam em conta o nível do lençol freático: além de não ter por onde escoar a água do bar, terá o retorno da água do lençol para dentro do bar.

Para a cobertura, pode ser utilizada uma estrutura de madeira com telhas, sapé ou lajes pré-fabricadas.O balcão do bar preferencialmente deve ser em material com pouca ou nenhuma absorção, como as pedras do tipo granito.Os bancos podem ser executados em base de concreto e tampo de pedra (nesse caso, sugere-se o mesmo material do balcão) ou podem ser de inox, como nas fotos destas páginas. Estas são algumas dicas de como projetar e os cuidados básicos para a elaboração e execução do bar em piscinas. Claro que, além de criar um ambiente familiar e aconchegante, o bar bem projetado pode valorizar tanto a área da piscina como de todo o imóvel. Boa diversão a todos!

Fonte: Revista ANAPP Edição 127

Author: admin

Compartilhar

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *