Faça seu login

A brincadeira da moda

Postado em 8 de novembro de 2018 | 0 comentários

Boias gigantes temáticas, como de unicórnio, brinquedos, acessórios flutuantes e coloridos dão vida à piscina e ânimo aos negócios de empresas que fabricam e importam itens para lazer aquático

Por Rúbia Evangelinellis

Em tempos em que as selfies e vídeos estão em evidência e servem, sobretudo, para retratar e registrar momentos de lazer, a área de piscina ganhou ainda mais protagonismo. Mas também, pudera, quem não quer se deixar fotografar ou filmar, como fazem as celebridades, em colchões flutuantes coloridos e boias infláveis divertidas, como em formato de unicórnio e touro? Ou ainda numa aula de exercícios aquático, com pesinho, espaguete flutuante e outros acessórios?

De olho nesse cenário, cênico por natureza e adequado a um país tropical, empresas investem em linhas de acessórios e brinquedos que proporcionam a diversão e integração dos banhistas, crianças e adultos. Elas apostam fichas em um mercado que exige investimentos em lançamentos, seguindo, inclusive, as tendências ditadas lá fora para cativar os consumidores e manter a seta dos negócios apontada para o alto.

 

Linha divertida

Na disputa pelo mercado está o grupo Bel, de Curitiba (PR). A empresa comercializa brinquedos, boias e flutuadores conhecidos como macarrão ou espaguete para a diversão de crianças e adultos dentro da piscina. A linha Bel Lazer tem acessórios divertidos, como boias gigantes em formato de melancia, abacaxi, limão, unicórnio, flamingo e cisne branco. E para os pequenos tem boias imitando peixinho, baleia e tartaruga. Na coleção também há jangadas e esteiras flutuantes, feitas com o popular macarrão, além de poltronas e porta copos infláveis com design de frutas tropicais – kiwi, laranja, melancia e tangerina. Fábio Anastasi, gerente comercial, explica que o grupo também importa produtos da China e investe forte nessa gama de itens. A empresa tem 70 anos e produz também ombrelones, piscinas pequenas, artigos de decoração de piscinas, itens de flutuação e brinquedos, entre outros produtos indicados para o lazer no verão, segmento que é hoje um ponto forte de comercialização.“O brasileiro é acostumado com o calor, e as principais férias são no verão. E isso faz dos produtos de lazer para o período um mercado que para nós garante uma boa performance. Procuramos sempre inovar e sermos competitivos”, diz. Os infláveis chineses, como boias e algumas piscinas portáteis, ganham aqui embalagens, que, segundo Anastasi, são fundamentais para apresentar os produtos de forma explicativa e cativante para o consumidor. Já os produtos feitos a partir de flutuador em formato de macarrão, como jangada, são desenvolvidos no Brasil. “É um acessório de muito sucesso. É simples e barato e mais usado por crianças. Os adultos preferem a esteira flutuante por não ter design de brinquedos. Eles têm o mesmo tamanho, de 1,60m por 55 centímetros de largura”. Em linhas gerais, Anastasi entende que a linha de lazer verão está em constante crescimento e tem período forte de vendas de novembro até o Carnaval, com pico de procura nas férias das crianças. Para a próxima temporada de verão, o grupo traz lançamentos em modelos de boias gigantes: “Nos últimos três anos, percebemos o interesse por flutuantes gigantes em formato de flamingo, unicórnio e outros temáticos. Temos produtos que custam de R$ 70 a R$ 600 para o consumidor. Hoje, blogueiras e artistas gostam de postar fotos com eles. Virou modismo, o que ajuda nas vendas”. A empresa tem 12 mil clientes ativos.

 

item_3986

Direto da China

De olho num mercado em que está há mais de 10 anos, a ITL Importadora comercializa infláveis da Intex, trazidos da China. Tem colchão e poltrona que ficam na água, boia caminhão monstro, bote em formatos flamingo e lagosta gigante. E, nas versões baby bote, há carrinho de bombeiro e avião, entre outras opções divertidas e coloridas. João Batista, diretor da ITL, explica que a Intex possui 900 itens – boias, coletes, brinquedos aquáticos, entre outros -, sendo 247 dos quais comercializados pela ITL no Brasil. “Temos vários itens e novidades em brinquedos e boias. Em outros anos, inovamos, por exemplo, comboias de unicórnio e flamingo. Agora, a sensação é o touro aquático (inspirado na versão mecânica), que vai ser um estouro e não tem igual no Brasil”. Segundo informou, a previsão é de que o produto faça sucesso, como acontece nos Estados Unidos e Europa, seduzindo até artistas, que não resistem à tentação de montar no bicho e postam imagens na internet. O touro inflável aquático, da Intex, é indicado para a montaria de uma pessoa, e permite movimentos. Fica no centro de uma boia maior e é preso por alças, possibilitando que outras pessoas participem da brincadeira, ajudando a movimentá-lo. econômica, os produtos da Intex são bem-aceitos e registram aumento de procura, principalmente na linha infantil. ‘Eu diria que a marca é a Ferrari dos infláveis. Tanto que, em relação a 2016, quando começamos a trabalhar com a linha, triplicamos o volume de encomendas e passamos a oferecer de 140 para 247 itens”, acrescenta o executivo. A importadora está em busca de novos parceiros, lojistas e representantes comerciais em todo Brasil. Entre os queridinhos dos brasileiros estão os flutuadores de braço, boias, colchões infláveis de bronzear e coletes de crianças. Já os adultos gostam das boias flamingo e unicórnio.

item_4543

Fiore com Cielo

Dona de uma marca conhecida dos esportistas, a Fiore Sports tem um portfólio variado de artigos para natação, hidroginástica e outros esportes aquáticos e também para a recreação. Entre os itens da marca estão pranchas infantis; quebra-cabeça em EVA flutuante que formam sapo, elefante e caracol; jogos flutuantes de argolas e de pinos (ambos com peso), de números, de letras do alfabeto e outros que seguem a linha lúdica. No segmento de acessórios para atividades físicas são encontrados halteres, tornozeleira, bola, espaguete, acqua jump para hidroginástica e outros artigos. Em abril passado, a empresa ganhou um sócio peso pesado: o nadador Cesar Cielo, campeão olímpico e recordista mundial. A sua chegada dá mais vigor a missão da empresa, que aposta ficha na natação, como aprendizado educacional e na hidroterapia (hidroginástica), e consequentemente, em artigos voltados para essa finalidade. “O Brasil ainda tem a cultura de esporte de lazer e não como prática. Sempre focamos em produtos para melhorar a performance de professores e terapeutas, apostando na perspectiva de crescimento de esportes ligad0s à educação”, explica André Fiore, CEO da empresa sediada na capital paulista e com 40 anos de mercado. Segundo o empresário, a Fiore enxerga o potencial de produtos para aprendizado de natação e hidroginástica: “É um mercado que tende a crescer. Toda família tem pelo menos uma criança que aprende a nadar. E a gente procura atender de forma pontual esse público. Acreditamos muito na terapia e aprendizado por meio da natação e hidroginástica e temos vários produtos para essas modalidades, como halteres de resistência e botas de EVA.” A Fiore tem cerca de 380 itens e mantém constante investimento em inovação, como pede o mercado. A empresa importa da China cerca de 20% dos itens. A parceria com o Cielo, acrescenta André, vai ajudar no desenvolvimento de novos produto: “Acabamos de lançar com o Cielo um palmar (acessório de natação que aumenta a eficiência natural dos movimentos e fortalecer a musculatura das palmas e mãos). E vamos apresentar uma nova linha de aprendizado nos próximos meses, com a assinatura e supervisão do César, que está atento a todos os mercados do mundo, e avalia os produtos com olhar de esportista e terapêutico.” A Fiore atende no atacado e tem planos de desenvolver o e-commerce para o consumidor final. A empresa pretende dobrar o faturamento em um ano. E aposta na recuperação do mercado nacional e em novos mercados, exportando para a América do Sul, Europa e EUA. “Já estamos exportando e em contato com empresas da Argentina, Peru, Chile”, conclui André Fiore.

 

Fonte: Revista ANAPP Edição 140

Author: admin

Compartilhar

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *