Faça seu login

Blog

Modpool transforma contêineres usados em piscinas

Postado em 25 de maio de 2017 | 0 comentários

Modpool transforma contêineres usados em piscinas

Modpool transforma contêineres usados em piscinas | ArchDaily Brasil De arranha-céus à habitações sociais, quiosques e abrigos contra desastres naturais, os contêineres se tornaram matéria prima da arquitetura nos últimos anos. Agora, a empresa canadense Modpool revelou ainda um outro uso para estes grandes prismas metálicos – piscinas domésticas e banheiras de hidromassagem. Projetadas para serem modulares e simples de instalar, as piscinas são transportadas com todo o equipamento necessário, incluindo um sistema de limpeza de água embutido, de modo que apenas a preparação do terreno e uma saída de gás são necessárias para que a piscina esteja pronta para ser usada. Com a opção de separar a banheira aquecida da piscina em um mesmo contêiner através de um divisor removível, a Modpool é uma opção muito versátil para pequenos quintais. Além disso, as piscinas podem ser instaladas sobre o solo, parcialmente enterradas, ou totalmente enterradas, como piscinas convencionais. A temperatura da piscina, a intensidade dos jatos e a iluminação podem ser controladas por um aplicativo através de um smartphone.   Fonte:...

leia mais

Terapia na piscina: um mergulho nas suas emoções mais profundas

Postado em 22 de maio de 2017 | 0 comentários

Terapia na piscina: um mergulho nas suas emoções mais profundas

O objetivo é proporcionar às participantes, através de dinâmicas desenvolvidas na água quente da piscina, um encontro profundo com suas emoções, memórias, vivências e sensações particulares. Michelle explica: Com doçura e acolhimento silencioso, estas mulheres serão capazes de liberar fluxos energéticos que darão passagem para a alegria, para um estado mais potente e mais perfeito de seus próprio seres. Nos últimos tempos, um assunto que tem dominado as conversas femininas é a maternidade. Os prós, os contras, as culpas de quem acha que deveria ser mãe perfeita e não apenas a mãe possível, a cobrança dos outros e das próprias crianças,a falta de tempo para si mesma, e todas as questões inerentes ás complexas relações entre mãe e filho. Foi então que, segundo a terapeuta Andréa Monteiro, surgiu a ideia de proporcionar  a estas mulheres_sejam elas mães ou filhas_ um dia inteiros de dinâmicas aquáticas, carregadas de simbolismos, redescobertas e ressignificados. A proposta é que cada uma saia de lá, no final do dia , desconstruindo seus velhos padrões e reinventando a sua forma de ser feliz. Não podemos mais aceitar viver o que não nos alegra, nem por imposição de forças que vem de fora e nem por desconhecimento de nós mesmas, diz Bruna, a obstetra. E ela tem toda a razão.   Fonte : Diário...

leia mais

9 dicas de boa convivência em piscinas de condomínio

Postado em 10 de maio de 2017 | 0 comentários

9 dicas de boa convivência em piscinas de condomínio

Morar em um condomínio é uma alternativa que apresenta vários benefícios, como a segurança, a comodidade, a privacidade e o conforto, mas também existem algumas questões que podem vir a interferir na boa convivência entre os vizinhos. Uma das maiores vantagens encontradas por quem opta viver em um condomínio é a área de lazer. As piscinas de condomínio são um grande atrativo, principalmente para quem tem crianças, mas, se algumas regras, normas e limites não forem estabelecidos e cumpridos, pode ser difícil manter a harmonia entre os moradores. Tanto é que o uso das áreas comuns é um dos principais motivadores das ações judiciais nos condomínios. Para que a vida em um condomínio seja proveitosa e agradável, é preciso que os moradores façam a sua parte, cumprindo regras, respeitando o seu espaço e o do próximo e preservando as dependências que são de uso de todos. Pensando nisso, preparamos o post de hoje com 9 dicas de boa convivência em piscinas de condomínio para que você possa desfrutar desse espaço com tranquilidade e segurança. Confira! 1. EVITE O USO DE BRONZEADORES SE FOR ENTRAR NA PISCINA Uma das maneiras de preservar a boa convivência é evitar o uso de bronzeadores ao utilizar as piscinas de condomínio, já que esse tipo de produto é responsável por sujar a água, deixando-a gordurosa. 2. EVITE ACIDENTES Não corra na volta das piscinas de condomínio, não dê saltos que possam molhar as pessoas que estão em volta dela e nem muito menos faça brincadeiras violentas ou inseguras. Dê o exemplo, inclusive para as crianças, para que, dessa forma, elas compreendam qual postura devem adotar quando estiverem nessas áreas comuns do condomínio. 3. NÃO LEVE APARELHOS DE SOM PARA AS PISCINAS DE CONDOMÍNIO Lembre-se de que a área das piscinas de condomínio é de uso comum, isso é, ela pertence a todos e deve ser utilizada a fim de preservar a boa convivência, e sem gerar em prejuízo ou mal-estar para qualquer morador. Ninguém é obrigado a apreciar o seu gosto musical, portanto, não leve caixas de som para o local. 4. NÃO CONSUMA ALIMENTOS E BEBIDAS DENTRO DAS PISCINAS DE CONDOMÍNIO Para preservar a boa convivência entre os vizinhos, esteja atento ao consumo de bebidas e de comidas no espaço das piscinas. Prefira alimentos que não façam sujeira e escolha copos e demais utensílios de plástico para evitar possíveis acidentes com vidro. Não faça refeições dentro das piscinas para não contaminar a água. 5. NÃO LEVE ANIMAIS PARA A ÁREA DAS PISCINAS Você pode amar bichinhos, mas nem todos os seus vizinhos partilham desse sentimento. Levar pets para as piscinas de condomínio pode causar acidentes ou até mesmo a contaminação da água. 6. TENHA CUIDADOS AO UTILIZAR O ELEVADOR Não utilize o elevador vestindo trajes de banho, pois essa atitude é deselegante e pode provocar desconforto entre os vizinhos, além de molhar o chão, podendo causar acidentes com escorregões. 7. CONHEÇA AS REGRAS SOBRE EXAMES MÉDICOS PERIÓDICOS Alguns condomínios adotam a exigência da realização de exames médicos para que os moradores e visitantes utilizem a piscina, garantindo, assim, a segurança e a higiene de todos. Para saber se o seu condomínio possui essa norma de boa convivência, consulte o síndico ou o regulamento interno do seu prédio. 8. NÃO FAÇA XIXI NA PISCINA Urinar em piscinas de condomínio não apenas é uma questão de falta de higiene, como...

leia mais

Puxadinho de luxo: arquitetos ampliam casa de praia para criação de maior área de lazer

Postado em | 0 comentários

Puxadinho de luxo: arquitetos ampliam casa de praia para criação de maior área de lazer

  RIO – Em Santa Catarina, na Praia do Estaleiro, em Balneário Camboriú, os arquitetos André Manara e Luciana Decker, do escritório +2 Arquitetura, aceitaram o desafio de ampliar uma casa de fim de semana, já existente, para criar uma área de convivência dos jovens proprietários. – Elaboramos um projeto de ampliação para integrar a arquitetura existente à nova sem rupturas visuais. Para isso, demolimos a piscina existente e criamos um novo espaço com 110m² de área construída, 108m² de deck e piscina e 85m² de jardins – contam eles. Para a nova edificação, configurada como um pátio interno, os arquitetos optaram por uma estrutura de concreto armado, alvenaria de tijolos e laje maciça. Uma nova piscina foi construída, de pedra hitan, mas agora com outro estilo e outros usos. Para aquele momento gostoso, de ficar vendo a vida passar no fresquinho, à bordo de espreguiçadeiras, o primeiro nível é bem rasinho (que eles chamam de prainha). Param exercícios, usam uma raia de natação mais profunda e dois deques estão à disposição: um de madeira angelim envernizada e outro de piso atérmico. André e Luciana quiseram reforçar o conceito de simplicidade do lugar e preferiram usar um porcelanato com textura rústica no piso e revestimento cerâmico pastilhado natural nas paredes. A área de lazer conta também com uma churrasqueira, de tamanho maior do que as comuns, fogão e chapa, que usam a mesma saída de chaminé. Completando o ambiente gourmet, um forno a lenha, que fica em destaque num nicho de concreto aparente. No piso, para facilitar a limpeza, foi usado um porcelanato da Portinari. O imóvel conta com textura rústica no piso e revestimento cerâmico pastilhado natural nas paredes – Lio Simas / Divulgação Na decoração, onde a madeira e o despojamento dão o tom, se destaca a cristaleira antiga pintada de azul e a laca na cor tomate dos armários da cozinha gourmet. Mas o cinza também permeia, nas paredes e no piso, ajudando a destacar os detalhes coloridos. O paisagismo foi pensado para integrar a casa existente à ampliação, dando um ar de refúgio ao espaço e executado pela engenheira agrônoma Raquel Melilo. – Além desse espaço de lazer, fizemos também uma nova cozinha, privativa, na cor branca em todos os acabamentos, desde marcenaria, marmoraria e eletrodomésticos – acrescentam os arquitetos. Fonte:  O...

leia mais

Decisão: lei que exige médicos em piscinas é julgada inconstitucional

Postado em 8 de maio de 2017 | 0 comentários

Decisão: lei que exige médicos em piscinas é julgada inconstitucional

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM)  tornou obrigatório a manutenção de médico de plantão, ou paramédico, com ambulância, nos clubes, hotéis, e outros estabelecimentos comerciais ou de lazer que tenham piscinas. Esta lei tornou obrigatória a manutenção de médico de plantão, ou paramédico, com ambulância, nos clubes, hotéis, e outros estabelecimentos comerciais ou de lazer que tenham piscina. A norma havia sido suspensa, em maio de 2014, por decisão cautelar do TJAM e foi julgada inconstitucional, em janeiro de 2016, de forma unânime. A decisão sobre a inconstitucionalidade se baseia na afronta ao princípio da livre iniciativa econômica. “Assim, tendo em vista que a aplicação da Lei Municipal nº 310/2012 causa ilegítima restrição à livre iniciativa das pessoas, físicas ou jurídicas, por ela atingidas, há que se reconhecer que a referida lei afronta o art. 4º, III e art. 162 da Constituição Estadual”, diz trecho do voto do relator da ação. Fonte:...

leia mais

Tratamento de Água – Temperaturas agradáveis

Postado em 26 de abril de 2017 | 0 comentários

Tratamento de Água – Temperaturas agradáveis

Especialistas dão dicas essenciais de manutenção para manter as piscinas em uso durante o ano inteiro.   A temperatura é um tema que comumente causa discordância. Há quem adore o calor, enquanto outros preferem o frio. Com as piscinas aquecidas, temos praticamente a mesma situação que uma sala com várias pessoas onde há conflito para adequar a temperatura do ar-condicionado. Isso acontece porque a sensação de conforto térmico é muito particular. “Mesmo seguindo algumas recomendações, a temperatura da água da piscina dificilmente conseguirá agradar a todos”, comenta o diretor industrial da Fluidra, Sinderval Tarzia.  A temperatura ideal depende de fatores como o tipo de utilização da piscina (fisioterapêutico, esportivo, lazer), intensidade da atividade física, faixa etária e condições especiais do usuário e temperatura ambiente. De modo geral, as temperaturas podem variar de 25°C a 28°C para práticas esportivas e competições, de 25°C a 30°C em academias, de 30°C a 32°C em piscinas para bebês e 32°C para hidroterapia. Para manter as temperaturas constantes durante todo o ano, inclusive nas estações mais amenas, é indispensável o uso de aquecedores específicos. Eles podem ser coletores solares, bombas de calor, aquecedores elétricos e a gás, entre outros. “É muito importante a escolha de produtos devidamente certificados, a fim de garantir a segurança na operação e a eficiência desejada, já que são requisitos obrigatórios, determinados pelo Inmetro”, diz Tarzia. Segundo o especialista de produtos da Pentair Water Quality Systems, Marcio Antonio da Silva, o consumidor deve prever mais de um sistema de aquecimento para que funcionem de forma complementar se necessário, dependendo da região onde estiver e a finalidade de manter a piscina aquecida constantemente. “As bombas de calor ajudam a suprir o coletor solar, porém, como retiram calor do ar ambiente, ficam vulneráveis diante de temperaturas mais baixas, como no inverno. Nessas condições, faz-se necessário o aquecedor a gás, por ser eficiente e independente das condições climáticas”, exemplifica. O planejamento do aquecimento das piscinas requer alguns cuidados. “Praticamente toda piscina tem condições de ser aquecida, e o que se sugere aos fabricantes é que mesmo.   Aquecimento personalizado O aquecimento de piscinas deve buscar o equilíbrio entre gastos, eficiência e sustentabilidade. Saiba mais sobre as opções disponíveis. • Coletor solar é a opção que produz calor com menos custo, porém, com a necessidade de observar se as condições climáticas da região são adequadas para assegurar o funcionamento com o desempenho desejado durante o ano todo. Para maior confiabilidade, é de extrema importância ter um sistema de apoio para auxiliar em períodos quando as condições climáticas sejam desfavoráveis. A bomba de calor é uma opção de apoio e deve ser fabricada com materiais resistentes às características da água da piscina que possui cloro e outros agentes saneantes. . De acordo com o diretor industrial da Fluidra, Sinderval Tarzia, trata-se da opção mais sustentável ecologicamente, cabendo ser observada a etiqueta de certificação Inmetro de eficiência energética do produto. • Bomba de calor, também conhecida como trocador de calor, é um equipamento que retira calor de outra fonte natural (por exemplo, o ar ambiente) para transferir para a água a ser aquecida. Normalmente, no Brasil, a maior oferta de bombas de calor para aquecimento de água é do tipo ar x água. As bombas de calor garantem o aquecimento durante todo o ano e são extremamente econômicas, pois possibilitam, em algumas situações, que cada 1 kWh consumido de energia elétrica chegue a produzir até 6 kWh de calor. São, portanto, equipamentos ideais para quem não quer ter nenhum outro equipamento de apoio. “É importante salientar que esse tipo de equipamento também só pode ser comercializado mediante a certificação de seguridade elétrica do Inmetro”, destaca Tarzia. • Aquecedor a gás é um equipamento com...

leia mais

Arquitetura – Um toque de charme

Postado em | 0 comentários

Arquitetura – Um toque de charme

Cascatas e chafarizes tornam a piscina mais sofisticada, além de promover a oxigenação da água e ser uma forma de lazer.   A ideia de relaxamento é bastante associada ao barulho das águas. Bastam alguns minutos escutando seu som que vem a tranquilidade e sensações de paz… Imagine, então, ter isso em sua casa – além de trazer mais charme e sofisticação à área de piscina, deixando-a mais lúdica? Com a instalação de cascatas e chafarizes, é possível conciliar o lazer a uma consequente valorização do imóvel. De diferentes formatos e materiais, as cascatas e chafarizes têm conquistado cada vez mais o mercado. E com uma vantagem: os preços são variados, adequando-se ao bolso de cada consumidor. Essas peças não são apenas decorativas: elas auxiliam na oxigenação da água, colaborando em seu tratamento. Para as crianças, têm um efeito recreativo, pois os pequenos adoram se divertir com o movimento das águas. A principal diferença entre a cascata e o chafariz está na saída de água: na cascata, a água é direcionada para baixo, formando um “véu”; já no chafariz, a água é projetada para frente ou para cima, em forma de jato. De acordo com Daniel Schossler, sócio-administrador da Sportfibras, empresa especializada em acessórios em fibra de vidro para piscinas, atualmente estão disponibilizadas no mercado peças em diversos modelos, cores e formas, e em diferentes materiais, como fibra de vidro, aço inox, PVC, polietileno e acrílico. Há, ainda, a opção de construir uma cascata de alvenaria ou pedra. “No caso da fibra de vidro, ela tem a vantagem de ser um material resistente, de alta durabilidade, leve e que permite um perfeito acabamento, além de ser de fácil manutenção”, explica Schossler, que trabalha no ramo há 20 anos. Praticamente todos os tipos de piscina podem receber uma cascata ou chafariz. Segundo o especialista, não existe um modelo ideal para cada tipo. “Há bastante liberdade de escolha e muitos pontos devem ser levados em conta na hora de optar entre um formato e/ou material e outro”, defende. Na hora de escolher a peça ideal, é importante avaliar o tamanho da piscina, se há o interesse por uma queda d’água mais forte ou suave (o que influencia o som que será emitido), o local onde será instalada a cascata ou o chafariz, entre outros quesitos que fazem a diferença não somente na escolha do produto, mas também no resultado final. Questionado se existe algum tipo de piscina que não permita a instalação dessas peças, Schossler destaca que não é possível somente em piscinas que não tenham algum tipo de preparo da tubulação para dispositivos de retorno diferentes do padrão de 50 mm. Instalação Antes de iniciar a instalação de uma cascata ou chafariz, é necessário verificar se há no circuito hidráulico um ponto preparado para conexão, chamado de “espera”, e a capacidade da bomba, pois cascatas e chafarizes grandes necessitam de maior volume de água para que o efeito seja o esperado. “Dependendo do espaço disponível para a peça e sua localização, um profissional pode ajudar a definir qual produto seria ideal, levando em consideração, por exemplo, que um chafariz projeta a água a uma distância maior”, detalha. O especialista acrescenta que os demais critérios vão do gosto pessoal do cliente, devendo-se apenas observar o tamanho da piscina, para que haja uma proporção e combine com o estilo do ambiente. No caso de piscinas que não possuem uma conexão hidráulica de espera para cascata, existem diversos modelos que podem ser adaptados diretamente no retorno da piscina – uma solução prática para a instalação de uma cascata sem mexer na parte hidráulica ou no piso. “O material a ser providenciado varia de acordo com o modelo, basta consultar o manual de instalação.” Quanto às piscinas aquecidas, a instalação segue os mesmos critérios...

leia mais

A Realize em parceria com o Conselho Regional de Químicos oferecem 15% de desconto para os associados ANAPP

Postado em 18 de abril de 2017 | 0 comentários

A Realize em parceria com o Conselho Regional de Químicos oferecem 15% de desconto para os associados ANAPP

A Realize em parceria com o Conselho Regional de Químicos oferecem 15% de desconto para os associados ANAPP Os associados da ANAPP – Associação Nacional dos Fabricantes Construtores de Piscinas e Afins, ganharão 15% de desconto no curso Atividades com Produtos Químicos Controlados/Perigosos. Tendo como objetivo proporcionar aos participantes, que atuam com produtos químicos controlados/perigosos, os conhecimentos necessários para o desenvolvimento das suas atividades como: uso, comércio, importação, exportação, fabricação, depósito ou transporte. Curso Atividades com Produtos Químicos Controlados/Perigosos Data 24 de abril de 2017 Programa 1- Nova Legislação sobre Produtos Controlados 2- Regularização das atividades 3- Licenças e Registros 4- Validades 5- Apresentação dos Mapas e Punições 6- Legislação Ambiental e Responsabilidade • Civil • Criminal • Administrativa 7- Legislação sobre Transporte de Produtos Perigosos • Normas Técnicas vigentes • Identificação dos veículos • Documentação • Equipamento de emergência 8- Produtos perigosos • Armazenagem • Data de validade • Segregação • Destinação Metodologia Exposição através data-show, apostila contendo os assuntos e discussão dirigida com os participantes. Detalhes do Conteúdo Programático: http://www.anapp.org.br/noticias-dos-associados/4593/   Direcionado Diretores, Gerentes, Supervisores, Coordenadores, profissionais químicos, técnicos analistas e demais envolvidos em atividades com produtos controlados. Palestrantes Dra. Gloria Benazzi, Engenheira Química, especialista na elaboração de normas pela ABNT, INMETRO, assessora técnica de logística da SINCOQUIM/ASSOCIQUIM. Dr. Marco Antonio Gallão, especialista na legislação ambiental, pós-graduado em logística de transporte. Dr. Misael Antonio de Sousa, assessor há 38 anos, em legislação sobre produtos controlados, especializado em regularizações e habilitações. Coordenador: Adelson Bagatim Realiza, Assessoria, Representações e Serviços Ltda Informações Complementares Incluso: • Coffee Break; • Almoço; • Estacionamento; • Material didático; e • Certificado. Número limitado de vagas Informações e Inscrições Realiza Assessoria – Ivone Leme Tel.: 11 2185-9777 – ramal 752 E-mail: secretaria@realiza.com.br Av. Prof. Francisco Morato, 301 – Butantã – São Paulo – SP CEP: 05513-000 Tel.: (11) 2185-9777 – R.752 Site: www.realiza.com.br Investimento R$ 650,00 Pagamento via Boleto Bancário ou depósito em conta corrente. Desconto de 15% para Associados da ANAAP. Horário Carga Horária Total: 08 horas 08h00 – início 12h30 – almoço 14h00 – retorno 17h30 – encerramento O Curso será ministrado no: Conselho Regional de Química/CRQ-4ª Região Rua Oscar Freire 2039 – São Paulo –...

leia mais

VILA DE REI – Aumento da eficiência energética da Piscina Municipal

Postado em | 0 comentários

VILA DE REI – Aumento da eficiência energética da Piscina Municipal

O Município de Vila de Rei avançou com uma candidatura com vista ao aumento da eficiência energética do edifício da Piscina Municipal. A intervenção passará pela implementação de medidas de eficiência energética e de energias renováveis e tem como objetivo diminuir a fatura energética do edifício. Com um investimento de cerca de 198 mil euros, os trabalhos a realizar incluem a substituição de equipamentos por outros de maior eficiência energética, introdução de coberturas térmicas nos planos de água das piscinas, substituição das luminárias atuais e instalação de luminárias com tecnologia LED, instalação de sistema de gestão técnica e de energia, instalação de sistema solar térmico coletivo com depósito de acumulação e instalação de sistema fotovoltaico ligado à rede de baixa tensão. Ricardo Aires, presidente do Município, afirmou que “esta candidatura por parte do Município vai ao encontro dos esforços da autarquia em aumentar a eficiência energética dos seus equipamentos, com uma simultânea redução dos custos com a eletricidade”. Fonte: Rádio...

leia mais

Piscina com borda infinita e vista paradisíaca atrai turistas na Suíça

Postado em 12 de abril de 2017 | 0 comentários

Piscina com borda infinita e vista paradisíaca atrai turistas na Suíça

Este hotel na Suíça está localizado no meio de uma montanha a quase mil metros de altitude e tem uma vista deslumbrante O Hotel Villa Honegg em Ennetbürgen, na Suiça, é um alojamento de luxo e sua maior atração é esta piscina de borda infinita com jacuzzi com vista para uma paisagem fantástica com montanhas e o Lago dos Quatro Cantões A atração pode ser desfrutada o ano inteiro pois a água é sempre aquecida a 34º. Que tal tirar férias por ali?     Fonte:...

leia mais