Faça seu login

Blog

Polo Aquático Balança a rede

Postado em 8 de novembro de 2018 | 0 comentários

Polo Aquático Balança a rede

Modalidade exige alto nível de preparação e tem três mil atletas em atividade no País Por Sergio Kapustan Redes para gols, bola sempre molhada e dois times (com sete jogadores de cada lado) na piscina transformada em quadra. O polo aquático é uma atividade esportiva que, assim como acontece na natação, a água reduz a pressão e o impacto dos movimentos nas articulações, diminuindo as chances de lesões. A partida dura em média 32 minutos, com quatro blocos de oito minutos. A idade para entrar em quadra varia de sete (mínima) até 75 anos (master), segundo informação da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), indicando que trata-se de uma atividade esportiva aberta a pessoas de diferentes idades. É jogado em uma piscina de 25 metros, no feminino, e de 30 metros, no masculino, com os participantes identificados por uma touca na cabeça com um número. Suas regras mesclam futebol, basquete e rúgbi. O goleiro, por exemplo, pode tocar a bola com as duas mãos, os demais atletas só com uma e são proibidos de tocar no fundo da “quadra” e se movimentarem constantemente. É um dos esportes mais antigos nas Olimpíadas. Sua estreia mundial foi nos Jogos Olímpicos de Paris, em 1900, com equipes masculinas disputando as medalhas. As mulheres aderiram a competição a partir de Sydney 2000. Os Estados Unidos dominam os quadros de medalhas. O Rio de Janeiro, no início do século XX, foi considerado a porta da entrada do esporte no País. Era então praticado na praia e a primeira participação brasileira em Olimpíadas foi nos jogos de 1920, realizados na Antuérpia (Bélgica). Em 1963, o Brasil alcançou o topo ao garantir o primeiro lugar nos Jogos Pan Americanos, disputados em São Paulo, e registra também oito participações em Olimpíadas.   Organização A CBDA é responsável pela organização e fomento do esporte no Brasil, além de selecionar e treinar times para participação em competições internacionais. Vinte clubes estão filiados à entidade e três mil atletas estão em atividade no País. Entre as competições organizadas por ela destacam-se: Liga Nacional, Troféu Brasil e Campeonatos Brasileiros sub 13/15/20. A Liga Nacional já está em andamento com oito equipes em disputa: ABDA Bauru, Botafogo, Flamengo, Fluminense, Paineiras, Paulistano, Pinheiros e SESI-SP. Os dois turnos da competição terão nove meses de duração, com a última rodada em dezembro, quando serão disputados os playoffs. A confederação é também responsável por organizar equipes para disputar competições internacionais. Entre elas estão Mundial Aquático, Liga Mundial, Sul-Americano, Pan-Americano e o Campeonato Mundial sub 16/18/20.   Clube Pinheiros Com uma das principais equipes da Liga, o Esporte Clube Pinheiros, com sede em São Paulo, completa 119 anos. É a mais antiga equipe do País, sendo base das seleções brasileiras masculina e feminina O esporte começou a ser praticado em 1949 por atletas da natação. O clube possui hoje mais de 200 atletas, que vão desde a base (infantil) até o sub 19 e o adulto (feminino e masculino). Os atletas têm o acompanhamento de quatro treinadores: dois da base e dois adultos. O clube destaca que marca presença em competições no Estado de São Paulo e outras localidades, além de orgulhar-se de ter atletas convocados para representar o Brasil em competições internacionais. Em julho, três atletas masculinos do clube – Rafael Vergara, Bruno Chiappini e...

leia mais

A brincadeira da moda

Postado em | 0 comentários

A brincadeira da moda

Boias gigantes temáticas, como de unicórnio, brinquedos, acessórios flutuantes e coloridos dão vida à piscina e ânimo aos negócios de empresas que fabricam e importam itens para lazer aquático Por Rúbia Evangelinellis Em tempos em que as selfies e vídeos estão em evidência e servem, sobretudo, para retratar e registrar momentos de lazer, a área de piscina ganhou ainda mais protagonismo. Mas também, pudera, quem não quer se deixar fotografar ou filmar, como fazem as celebridades, em colchões flutuantes coloridos e boias infláveis divertidas, como em formato de unicórnio e touro? Ou ainda numa aula de exercícios aquático, com pesinho, espaguete flutuante e outros acessórios? De olho nesse cenário, cênico por natureza e adequado a um país tropical, empresas investem em linhas de acessórios e brinquedos que proporcionam a diversão e integração dos banhistas, crianças e adultos. Elas apostam fichas em um mercado que exige investimentos em lançamentos, seguindo, inclusive, as tendências ditadas lá fora para cativar os consumidores e manter a seta dos negócios apontada para o alto.   Linha divertida Na disputa pelo mercado está o grupo Bel, de Curitiba (PR). A empresa comercializa brinquedos, boias e flutuadores conhecidos como macarrão ou espaguete para a diversão de crianças e adultos dentro da piscina. A linha Bel Lazer tem acessórios divertidos, como boias gigantes em formato de melancia, abacaxi, limão, unicórnio, flamingo e cisne branco. E para os pequenos tem boias imitando peixinho, baleia e tartaruga. Na coleção também há jangadas e esteiras flutuantes, feitas com o popular macarrão, além de poltronas e porta copos infláveis com design de frutas tropicais – kiwi, laranja, melancia e tangerina. Fábio Anastasi, gerente comercial, explica que o grupo também importa produtos da China e investe forte nessa gama de itens. A empresa tem 70 anos e produz também ombrelones, piscinas pequenas, artigos de decoração de piscinas, itens de flutuação e brinquedos, entre outros produtos indicados para o lazer no verão, segmento que é hoje um ponto forte de comercialização.“O brasileiro é acostumado com o calor, e as principais férias são no verão. E isso faz dos produtos de lazer para o período um mercado que para nós garante uma boa performance. Procuramos sempre inovar e sermos competitivos”, diz. Os infláveis chineses, como boias e algumas piscinas portáteis, ganham aqui embalagens, que, segundo Anastasi, são fundamentais para apresentar os produtos de forma explicativa e cativante para o consumidor. Já os produtos feitos a partir de flutuador em formato de macarrão, como jangada, são desenvolvidos no Brasil. “É um acessório de muito sucesso. É simples e barato e mais usado por crianças. Os adultos preferem a esteira flutuante por não ter design de brinquedos. Eles têm o mesmo tamanho, de 1,60m por 55 centímetros de largura”. Em linhas gerais, Anastasi entende que a linha de lazer verão está em constante crescimento e tem período forte de vendas de novembro até o Carnaval, com pico de procura nas férias das crianças. Para a próxima temporada de verão, o grupo traz lançamentos em modelos de boias gigantes: “Nos últimos três anos, percebemos o interesse por flutuantes gigantes em formato de flamingo, unicórnio e outros temáticos. Temos produtos que custam de R$ 70 a R$ 600 para o consumidor. Hoje, blogueiras e artistas gostam de postar fotos com eles. Virou modismo, o que ajuda nas vendas”....

leia mais

Sol na medida certa

Postado em | 0 comentários

Sol na medida certa

Cuidados simples como usar bonés, óculos escuro, roupas com trama fechada e procurar uma sombra no período mais quente do dia, garantem a diversão e a proteção do corpo Por Rúbia Evangelinellis Quem não quer acordar, abrir a janela e se deparar com um sol radiante num dia de folga e convidativo para a piscina? Até aí, tudo bem, desde que sejam tomados os cuidados para evitar a superexposição solar. Em entrevista à Revista ANAPP, o doutor Pedro Dantas, coordenador do Departamento de Oncologia Cutânea da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), alerta para os riscos de quem abusa e explica que, com alguns cuidadossimples, é possível se proteger, mantendo a saúde da pele e do corpo. Entre as medidas recomendadas está a aplicação do protetor solar (FPS a partir de 30 e com proteção UVA) antes mesmo de chegar à piscina, com antecedência mínima de 15 a 30 minutos, para que possa ser absorvido pela pele e faça efeito. No caso da pele do rosto, que fica mais exposta e tem variações (seca, mista e oleosa), recomenda-se a indicação de um creme, de uso contínuo, indicado por um especialista. Mas voltando ao protetor químico para o corpo, a reaplicação deve ser feita, em média, a cada duas horas ou sempre que sair d’água e, preferencialmente, após molhar o corpo no chuveiro. “É importante também evitar o sol das 10h às 15h e reforçar com outras medidas fotoprotetoras, como usar chapéu, óculos, bonés e vestuário, mesmo nos banhos de piscina e de mar, e procurar sombras”, acrescenta o médico.   De olho na etiqueta da roupa Em relação à roupa adequada para a proteção, as peças devem estar secas e serem confeccionadas por material de tramas fechadas, seja tecido natural ou sintético. No caso de itens de coleção especial, que recebem um banho de produto químico com FPS, Pedro Dantas recomenda que a pessoa siga as orientações técnicas que, inclusive, informam a durabilidade da roupa, a partir da quantidade máxima de lavagens determinadas. O médico reforça que a exposição ao sol tem de ser feita com cautela, uma vez que efeitos nocivos são acumulativos e surgem a curto, médio e longa prazos: “Mais cedo ou mais tarde, quemabusa, acaba pagando o preço pela falta de proteção. Na maioria das vezes, os danos aparecem quando as pessoas ficam mais velhas, podendo surgir câncer de pele. Isso sem contar na queimadura solar, que pode atingir (de imediato) quem fica exposto no período mais quente, de maior intensidade da radiação ultravioleta. E com o tempo vêm as manchas, as rugas e a pele ressecada.” Embora o sol seja fonte de vitamina D, o especialista explica que não é preciso ficar exposto para receber os benefícios da radiação. “Você precisa receber o sol apenas por cinco minutos numa área pequena do corpo (como dorso da mão e antebraço) no horário próximo ao meio-dia para ter o efeito por uma semana. E isso a pessoa faz, por exemplo, no caminho de casa até a garagem. Por isso, não recomendo uma exposição deliberada para esse fim no pior momento do sol. Se a vitamina D está baixa, é melhor fazer a suplementação vitamínica.” Câncer de pele Segundo estudo do Instituto Nacional do Câncer (INCA) de 2018, no Brasil, estimam- -se 85.170 casos novos de câncer de...

leia mais

Wet’n Wild comemora 20 anos e inaugura novas atrações

Postado em 1 de novembro de 2018 | 0 comentários

Wet’n Wild comemora 20 anos e inaugura novas atrações

O parque aquático Wet’n Wild, localizado em Itupeva (SP) inaugurou, no último sábado (20), duas novas atrações: o Cyclone e o Meteor. As novidades, responsáveis por um investimento de R$ 6 milhões, celebram os 20 anos de aniversário do empreendimento. “A compra do equipamento foi feita no Canadá em março deste ano, o que nos deu aproximadamente seis meses para instalar e adequar o parque para receber as novas atrações. É esperado um acréscimo de público não só de novos visitantes, como de pessoas que já vieram ao parque e estão curiosas com as novidades”, afirma o presidente do parque aquático, Alain Baldacci. No Cyclone, que possui 22 metros de altura, o visitante desce por um tobogã fechado translúcido, passando por um looping 360 graus na horizontal antes da chegada à piscina, se tornando o tobogã mais rápido do parque. Já o Meteor, tobogã com cápsula mais alto do mundo, possui uma altura equivalente a um prédio de 13 andares e com inclinação de 70 graus. Nele é possível atingir mais de 100 quilômetros por hora, simulando uma queda livre a 40 metros de altura. Ambas as atrações têm um sistema de lançamento chamado Skybox, onde os visitantes entrarão em uma cápsula fechada, onde o chão se abre, liberando a pessoa para a queda. Fonte:...

leia mais

Corpo de Bombeiros de São Paulo abre concurso para 600 guarda-vidas

Postado em | 0 comentários

Corpo de Bombeiros de São Paulo abre concurso para 600 guarda-vidas

Está aberto um novo processo seletivo para a contratação de 600 guarda-vidas para o Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Os aprovados serão contratados por no máximo cinco meses e serão lotados nas cidades de Ilha Comprida, Guarujá, Iguape, Bertioga, Peruíbe, São Sebastião, Itanhaém, Ilha Bela, Mongaguá, Caraguatatuba, Praia Grande, Ubatuba, São Vicente, São Paulo – Guarapiranga, Santos e São Bernardo do Campo – Billings. Para ingresso na função é necessário apenas o ensino fundamental completo e a idade mínima de 18 anos. O salário é de R$ 1.290,66, além dos benefícios do vale transporte e do vale refeição. As inscrições serão recebidas entre os dias 1º e 28/10/2018 gratuitamente no site www.ccb.policiamilitar.sp.gov.br ou pessoalmente das 9h às 18h nas unidades do Corpo de Bombeiros listadas no edital de abertura (acesse aqui). Etapas da Seleção Os candidatos serão avaliados através de análise da documentação exigida no edital de abertura, apresentação de atestado médico, investigação social e realização de provas práticas de habilidades técnicas de caráter eliminatório e classificatório. As provas de habilidades técnicas acontecerão no dia 30 de outubro de 2018 e serão constituída das seguintes modalidades: correr/andar um percurso de 1.000 metros no tempo máximo de 8 minutos e nadar 200 metros em piscina no tempo máximo de 6 minutos. Haverá, ainda, um treinamento com duração de três semanas, com assinatura do contrato em 05 de novembro de 2018 e início das atividades em 06 de novembro de 2018.” Fonte:...

leia mais

Quatro piscinas inspiradoras para o verão

Postado em | 0 comentários

Quatro piscinas inspiradoras para o verão

As piscinas são capazes de transformar qualquer paisagem, principalmente se estiverem rodeadas de um belo jardim. As piscinas UNLIMITED, além de bonitas, são práticas e contam com garantia de 50 anos na estrutura e 3 anos na ancoragem. O produto permite a escolha do revestimento, tamanho e modelo para os mais variados tipos de ambientes. Confira estas cinco piscinas feitas no Brasil pela empresa: Nesta casa em Salvador, Bahia, o arquiteto Wagner Paiva explorou o contato com a natureza. A borda infinita cria um clima de conexão com a paisagem e um refúgio multiuso. O desenho moderno conta com toda a sofisticação da prainha em dois níveis de altura. O projeto desta casa da arquiteta Debora Aguiar em São Paulo tem uma piscina que preenche toda a área externa e é acompanhada por uma obra de arte colocada na área da prainha. A piscina é toda revestida com uma pedra em tom de cinza, a borda e os painéis criam um jogo de luz, sombra e profundidade com a iluminação. Grande estrela da casa projetada pela designer Gabriella Ramalho, em Búzios, Rio de Janeiro, a piscina é o principal cenário de muitos encontros, festa e badalação. Com 14 metros de extensão, conta com prainha para os que querem se expor ao sol mas sem perder a frescor da água. Ainda conta com um elegante, original e elegante revestimento na cor preta. A piscina em Vitória, Espírito Santo, tem a borda infinita e uma visão privilegiada para o mar. O centro do ambiente assinado pelos arquitetos Daniela Avancini e Henrique Gasparini e faz a ligação entre a casa, a área gourmet, o deck e a área do jardim. Tudo gira em torno, com revestimento em porcelana. O projeto da arquiteta Andressa Dangui, em Itapema, Santa Catarina, conta com uma das faces em vidro. Para que a transparência criasse uma leveza possibilitasse a visão cristalina da água, valorizando o revestimento de design exclusivo. Já o espelho d’água pode ser utilizado como piscina infantil, com material antiderrapante que também está presente na área externa da piscina. Fonte:...

leia mais

Cuidados além do protetor solar

Postado em 25 de outubro de 2018 | 0 comentários

Cuidados além do protetor solar

Confira opções como malhas com proteção para manter uma pele saudável no verão A estação mais quente do ano está chegando. E com os dias cada vez mais ensolarados e um calor que, muitas vezes, vai além do que esperávamos, é preciso se proteger também no dia a dia e não apenas quando vamos curtir uma praia ou piscina. A dica de usar protetor solar diariamente todos já conhecem, mas existem outras opções que ajudam a manter a saúde da pele e do corpo no Verão Confira: Mantenha a pele sempre bem hidratada Os hidrantes corporais são ótimos aliados para manter a pele livre de lesões, saudável e macia. Depois de tomar sol, busque tomar um banho em água ambiente para não agredir a pele e após, com a pele ainda úmida, passe o hidratante pelo corpo. Busque por roupas com proteção solar Se você trabalha com serviços externos e passa muito tempo exposto ao sol. Busque por roupas com proteção solar. A Texneo produz malhas com a UV50+, uma tecnologia que ajuda a proteger a pele da ação dos raios solares UVA e UVB, bloqueando até 98% a entrada dos raios solares.  Beba água regularmente Se manter hidratado é uma das práticas mais importantes. A água, além de necessária para manter nosso corpo saudável, é fundamental na regeneração dos tecidos e manutenção da saúde da nossa pele. Na praia ou piscina utilize trajes de banho que protegem a pele Algumas sungas, bermudas, biquínis e maiôs também possuem proteção solar através da UV50+. As opções da Texneo, além de obterem secagem rápida e alta proteção soltar, não saem na lavagem. Essa é uma forma de proteger a pele que não recebeu o protetor solar. Utilize bonés e chapéus Quando for ficar muito tempo exposto ao sol é indicado usar bonés e chapéus. Essas peças são grandes aliadas para manter a pele protegida. Existem também opções de peças com proteção solar. Fique atento às etiquetas. Sobre a Texneo Presente em mais de 13 países e em três continentes. A texneo  produz malhas para os segmentos sportswear, beachwear e underwear. Os principais diferenciais da marca são as tecnologias apresentadas nos produtos, como proteção UV, anti-microbiano, Dry, HighClo, Air, Compression, Digital, Neon e Refletivo. Possui a certificação Standard 100 by Oeko-tex®, que garante malhas livres de substâncias nocivas. Além disso, a empresa se destaca pela diferenciação e diversificação do mix de produtos. Fonte: grupoodp.com.br...

leia mais

Sobre casar em frente ao mar

Postado em | 0 comentários

Sobre casar em frente ao mar

              O sonho de se casar na praia não está tão distante! Indiscutivelmente, Búzios é um dos destinos preferidos para se casar na praia. Famosa pelas praias bonitas e badaladas, a cidade conta com uma estrutura completa para noivas – tanto as que preferem um casamento mais intimista, quanto as que sonham com um grande dia com tudo o que tem direito. O Uniq Beach Lounge é a escolha perfeita para quem quer trocar as alianças com a paisagem mais linda no fundo. A estrutura moderna e despojada do clube combina com a localização no coração da Praia de Geribá, e ainda possui capacidade para 500 pessoas. Normalmente, quem vem para um destination wedding com os convidados de longe, capricha no roteiro. Família e amigos mais próximos costumam chegar com três dias de antecedência para um jantar intimista no primeiro dia, onde os noivos dão as boas vindas e abrem as comemorações. No dia seguinte, um welcome drinks. Já na véspera do casamento, é hora de aproveitar o dia e descansar pela noite. Os passeios de barco e festas na piscina são as melhores opções. O grande dia começa com um almoço reunindo todos. Depois, todos se arrumam e seguem para a cerimônia, que acontece normalmente ao entardecer, com o visual que só o Uniq Beach Lounge é capaz de oferecer. No total o terreno possui aproximadamente 2.200m2 com cerca de 500m2 de área construída. Quem mora mais perto e resolve se casar em Búzios, normalmente combina com os convidados de chegarem na sexta-feira e se encontram para um welcome drinks, uma reunião leve e descontraída, para que todos se sintam à vontade. No sábado, noiva e madrinhas começam o making of pela manhã e dedicam o dia aos preparativos. Já o noivo, padrinhos e demais convidados aproveitam um pouco com almoço e passeio. Seja de longe ou de perto, saiba que o sonho de se casar na praia é possível! O Uniq realiza poucos casamentos por mês, para deixar o clube aberto aos clientes no restante dos finais de semana. Então você deve correr para reservar sua data, ok? Fica a dica!...

leia mais

Por que a Água da Piscina fica verde?

Postado em | 0 comentários

Por que a Água da Piscina fica verde?

Sabe aquele dia quente que se você quebrar um ovo no asfalto ele frita? Então, todo mundo nessa época implora para ir na piscina, que inclusive é local muito agradável, principalmente nessas situações, mesmo que você não saiba nadar. Mas quem tem piscina em casa sabe que se ela ficar muito tempo parada a sua água fica esverdeada, o que é muito estranho. Então, para tirar as dúvidas de todos, hoje decidi trazer um post falando sobre isso. Espero que gostem! Bom, basicamente a água da piscina fica esverdeada porque ocorre a propagação de algas, isso mesmo que você esta lendo, meu querido. A multiplicação de algas que faz a água da piscina ficar verde e turva pode ser causada por pH baixo, falta de cloro ou até mesmo excesso de matéria orgânica e baixa alcalinidade. Lembrando que as algas também podem ser trazidas pelo vento e chuva, por isso muitas pessoas tampam a piscina com uma capa. Agora, se sua piscina ficar verde mesmo depois de você colocar cloro e fazer TUDO certinho, o problema pode estar na origem da água que abastece a piscina, como a de poços que costumam conter metais que reagem ao cloro e intensificam o processo de oxidação e que acaba deixando a água verde ou pode ser o mal tratamento da água, afinal não basta apenas colocar cloro na água da piscina, o processo de limpeza envolve filtragem, aspiração, produtos clarificadores e algicidas. Para limpar uma piscina com água verde é bem simples: Você deve adicionar cloro choque ou cloro estabilizado na piscina (utilizando a quantidade correta para a sua piscina), espere uma hora e verifique se há, pelo menos, 1 mg/l de cloro na água. Depois desse processo você deve adicionar oxigênio liquido, que inclusive deve ser colocado próximo aos injetores da piscina e não sobre a água. Problema resolvido. Fazendo isso, a água da sua piscina deve ficar limpa em cerca de 1 hora, claro, se não estiver em situações grandiosas.  Fonte:...

leia mais

Piscina velha de cara nova

Postado em 11 de outubro de 2018 | 0 comentários

Piscina velha de cara nova

Sua piscina vem apresentando problemas como revestimentos caindo e rejuntes soltando? Ou o formato dela não o agrada mais nem supre as necessidades da sua família atualmente? Pois saiba que esses estão entre os motivos mais frequentes que levam as pessoas a reformar suas piscinas. Segundo Rinaldo Hayashi, da Hidroágua Piscinas, loja especializada na construção de piscinas personalizadas, o mercado está muito aquecido neste segundo semestre de 2018 devido às reformas. “Temos atendido muitas piscinas com 20, às vezes 30 anos de idade, com formatos que não privilegiam áreas mais rasas, para crianças pequenas, por exemplo. Essas piscinas antigas não atendem mais às famílias, podendo ser melhoradas para garantir um uso mais frequente e mais segurança e conforto para todos da família”, explica. A repaginação pode ser total, na qual é criado um novo conceito de área de lazer, ou apenas realizando uma troca dos revestimentos, dependendo do orçamento disponível e objetivo do cliente. “Com uma reforma, uma piscina retangular, modelo que era muito comum nos anos 80 e 90, pode receber uma área mais rasa, chamada de prainha, revestimentos diferenciados, iluminação atualizada, com LED e aquecimento. Outra forte tendência para piscinas são os revestimentos que simulam praias naturais, com os quais é possível elevar o fundo e até mesmo escolher o tom da água simulando praias de qualquer localidade do mundo”, afirma Rinaldo. Rinaldo explica ainda que os meses de agosto, setembro e outubro são ideais para a realização da reforma, pois o tempo mais seco permite que a obra corra sem intervalos. “Além disso, há tempo de sobra para ela ficar pronta até o verão. Em média as reformas demoram um mês para ficarem prontas, dependendo, é lógico, do novo projeto”, finaliza. Fonte: diarioinduscom.com...

leia mais